Categoria: Depoimentos

10 de janeiro de 2019

Que tal Repensar o Conceito como a Recuperação da Relação Fisiológica da Cabeça da Mandíbula com o Disco Articular? Pacientes com longa história de dor. Série de casos. Primeira sessão.

Que tal repensar o conceito como a recuperação da relação fisiológica da cabeça da mandíbula com o disco articular, QUANDO É POSSÍVEL? E quando isso não é possível? Qual é o diagnóstico diferencial? O QUE NÓS PODEMOS OFERECER AOS NOSSOS PACIENTES? Que tipo de dispositivo ortótico ou intraoral usar? Qual é o objetivo de uma ortopedia em um tratamento de patologia da ATM? Reposicionando a mandíbula, recapturando os discos articulares? Isso é sempre possível? Tem alterações nas estruturas articulares da articulação temporomandibular? Possui distorções na postura horizontal, vertical e transversal do complexo craniomandibular? Como estão os ossos? Como está a cartilagem? Como está o disco articular? Como estão os músculos desse sistema? Como é a coluna cervical em relação a todo o sistema? Como é a relação da coluna vertebral com as outras partes do sistema? Os dentes, as duas articulações temporomandibulares e a musculatura postural são partes do mesmo osso, a mandíbula. Eles estão profundamente inter-relacionados e interdependentes em crescimento, forma e função. Uma anormalidade em uma afeta profundamente as outras.

9 de maio de 2018

Esta é a vida de Lars-Bo Hilker, um amigo querido, um amigo que me orgulho em ter contato, um exemplo. Um ser humano que sabe viver a vida, dentro das condições que ela permite. Ele aceita a vida como ela é. .. ele é alegre, descontraído, independente e acima de tudo feliz, a vida não é perfeita, nem mesmo quem não tem distonia tem uma vida perfeita, né?! Depois do Tratamento de DBS é assim que ele segue! Ele foi diagnosticado com distonia generalizada., aqui comenta alguns dos seus sintomas, você vai ver o dia-a-dia dele, depois do DBS. Veja os sintomas da distonia. Os sintomas geralmente, mas nem sempre, envolvem espasmos involuntários, câimbras ou tremores, e incluem:

  • Espasmos musculares;
  • Piscar ou contrair anormalmente no olho, o que geralmente desaparece dentro de algumas horas. Os olhos também podem se sentir cansados ​​ou secos, e a pálpebra pode parecer pesada;
  • Tremor – agitação ou oscilação incontrolável de uma parte do corpo. Isso pode ocorrer na cabeça, braços, olhos, face, cordas vocais, tronco e pernas;

Postado em Blog, dbs, Depoimentos, Vídeos por Administradora
19 de abril de 2018

Desde começos de 2015, venho travando uma árdua luta física e espiritual para amenizar duas graves disfunções: tremores e rigidez. Nesse período, tenho contado com a ajuda de verdadeiros “anjos da guarda”, e fui mencionando eles no Facebook, como uma obrigação de consciência. Hoje, gostaria de citar com gratidão o Dr. Tiago Gianfratti, diretor da Stiper no Brasil, e a fisioterapeuta e acupunturista Roberta Pitta C. Luz, do Ambulatório da Stiper, uma das maiores especialistas brasileiras em stiperterapia. Os stipers são pastilhas flexíveis e descartáveis de algodão, impregnadas com mini fragmentos de cristal de silício e de cristal de rocha natural. Essas pastilhas se aplicam sobre a pele em pontos específicos, e possuem uma função equilibradora e moduladora da energia do organismo. Segue link de um depoimento narrando a contribuição da stiperterapia nessa luta sem trégua para minha recuperação; contribuição que se soma ao valioso aporte da hipnose, da neurologia e da arteterapia.

Clique aqui e assista o depoimento do Sr. Gonzalo, é comovente e muito esclarecedor