Categoria: Informativo

4 de fevereiro de 2019

A Medicina tradicional não os entende porque são muito novos e originais, ou a indústria farmacêutica e os médicos tradicionais os escondem porque perderiam seus ganhos – a tradicional e bem difundida teoria da conspiração, que visaria deixar você como sofredor crônico.

Por trás de uma pseudociência e palavrório difícil, consultas minuciosas com horas de duração, com listas enormes de testes laboratoriais complicados e produtos terapêuticos de nomes mais ainda – e, claro, que só podem ser comprados onde indicado (a maioria das vezes na própria clínica ou pela Internet), esconde-se o interesse pecuniário maior e a confiança de que o efeito placebo existe e funciona.

  • Vejo um grande número de médicos e outros profissionais anunciando nas mídias sociais uma Medicina adjetivada, que passa longe dos princípios mais nobres da profissão. Medicina ortomolecular, Medicina integrativa, Medicina funcional, Medicina holística, Medicina complementar, “Anti-aging” (anti-envelhecimento) e tantos outros termos passam a se integrar a novas promessas de melhora e cura de males crônicos dentro da Odontologia funcional, Nutrição funcional… e adjetive a área do conhecimento que você quiser.

De fato, nas pesquisas científicas mais sérias comprova-se que em mais

Postado em Blog, Informativo, Noticia por Nilde Soares
4 de fevereiro de 2019

As fraudes na área da saúde: como se proteger do charlatanismo disfarçado de medicina alternativa

“Charlatanismo: Ação, comportamento, dito ou prática de charlatão: charlatanice. Exploração da credulidade pública através da venda de produtos e/ou serviços incapazes de curar doenças”. Dicio – Dicionário Online de Português
  • O charlatanismo médico se refere a práticas de saúde ou remédios que não têm bases científicas para sua indicação. Está baseado em pretensas teorias que misturam conhecimentos de ciências básicas como imunologia, bioquímica, genética e fisiologia, de forma fragmentada, ininteligível e claramente manipulativa para bons conhecedores, porém que impressionam a potencial vítima.

Alguns fatos médicos mais recentes são aproveitados para criar teorias abrangentes que explicariam todos os males, com oferta de produtos pelo próprio profissional ou por seu grupo: extensas consultas, dietas da moda, suplementos infindáveis, cursos para leigos e para outros profissionais, livros e até spas de imersão por vários dias. E a preços muitas vezes exorbitantes, por incríveis séries de tratamento com promessa de curas ou de cessação de todos os rem

Postado em Blog, Informativo, Noticia por Nilde Soares
10 de janeiro de 2019

Que tal Repensar o Conceito como a Recuperação da Relação Fisiológica da Cabeça da Mandíbula com o Disco Articular? Pacientes com longa história de dor. Série de casos. Primeira sessão.

Que tal repensar o conceito como a recuperação da relação fisiológica da cabeça da mandíbula com o disco articular, QUANDO É POSSÍVEL? E quando isso não é possível? Qual é o diagnóstico diferencial? O QUE NÓS PODEMOS OFERECER AOS NOSSOS PACIENTES? Que tipo de dispositivo ortótico ou intraoral usar? Qual é o objetivo de uma ortopedia em um tratamento de patologia da ATM? Reposicionando a mandíbula, recapturando os discos articulares? Isso é sempre possível? Tem alterações nas estruturas articulares da articulação temporomandibular? Possui distorções na postura horizontal, vertical e transversal do complexo craniomandibular? Como estão os ossos? Como está a cartilagem? Como está o disco articular? Como estão os músculos desse sistema? Como é a coluna cervical em relação a todo o sistema? Como é a relação da coluna vertebral com as outras partes do sistema? Os dentes, as duas articulações temporomandibulares e a musculatura postural são partes do mesmo osso, a mandíbula. Eles estão profundamente inter-relacionados e interdependentes em crescimento, forma e função. Uma anormalidade em uma afeta profundamente as outras.