Categoria: Pesquisa

27 de fevereiro de 2019

O tema deste filme é, claro, Fáscia. Logo depois de lançado, este filme documental atingiu um recorde de mais de 1 milhão de audiência em 1 semana. O interesse sobre o que é Fáscia vem crescendo vertiginosamente desde 2007, quando acontece o “I Congresso de Fáscia em Harvard”, EUA. De lá para cá, muito se tem feito para se descobrir suas funções, sua fisiologia, sua anatomia, seus usos na clinica e no esporte. Convido vocês a assistirem estes estudiosos e pesquisadores que vêm construindo um conhecimento novo. https://youtu.be/vTkyaUDATN8?t=762

Neste documentário, você vai conferir nomes como: Carla Stecco Antonio Stecco Robert Schleip Thomas Myers Jean Claude Guimberteau Jan Wilke Helene Langevin Werner Klinger S. Mense Jonas Tesarz
Universidade da Fascia – Publicado em 23 de out de 2

Postado em Blog, Informativo, Noticia, Pesquisa, Pesquisas por Nilde Soares
19 de fevereiro de 2019

Esta postagem é para você, no desespero da dor.

Cuidado com o uso de opiáceos (oxicodona, hidrocodona, morfina ou fentanil e derivados) muitas vezes combinados a outras drogas de modulação da dor como anti-depressivos. Minhas reflexões e sugestões para os que estão em situação similar de dor vão adiante, nesta e em postagens seguintes, não deixe de ler e salve vidas. Vamos auxiliar estas pessoas desesperadas que se atiram em clínicas da dor, recebem associações de remédios perigosos e tratamentos alternativos sem chegar ao cerne da questão – tratar corretamente a dor, os reumatismos inflamatórios sistêmicos e as doenças autoimunes com base nos conhecimentos científicos sérios. “As redes sociais tornaram a informação mais acessível aos pacientes portadores de reumatismos e doenças da autoimunidade, aproximando pessoas para troca de informações. Estas também trazem más notícias, como quando perdemos amigos de luta contra a mesma doença que temos, no meu caso a Espondilite Anquilosante.” “Entre o final de 2017 e início de 2019 somaram-se os casos em que pacientes em tratamento para a minha doença foram a óbito por motivos medicamentosos. Ou seja, complicações advindas do uso, prescrito ou não, de medicamentos sobrepostos, ou em quantidades

Postado em Blog, Informativo, Noticia, Pesquisa, Pesquisas por Nilde Soares
10 de janeiro de 2019

Que tal Repensar o Conceito como a Recuperação da Relação Fisiológica da Cabeça da Mandíbula com o Disco Articular? Pacientes com longa história de dor. Série de casos. Primeira sessão.

Que tal repensar o conceito como a recuperação da relação fisiológica da cabeça da mandíbula com o disco articular, QUANDO É POSSÍVEL? E quando isso não é possível? Qual é o diagnóstico diferencial? O QUE NÓS PODEMOS OFERECER AOS NOSSOS PACIENTES? Que tipo de dispositivo ortótico ou intraoral usar? Qual é o objetivo de uma ortopedia em um tratamento de patologia da ATM? Reposicionando a mandíbula, recapturando os discos articulares? Isso é sempre possível? Tem alterações nas estruturas articulares da articulação temporomandibular? Possui distorções na postura horizontal, vertical e transversal do complexo craniomandibular? Como estão os ossos? Como está a cartilagem? Como está o disco articular? Como estão os músculos desse sistema? Como é a coluna cervical em relação a todo o sistema? Como é a relação da coluna vertebral com as outras partes do sistema? Os dentes, as duas articulações temporomandibulares e a musculatura postural são partes do mesmo osso, a mandíbula. Eles estão profundamente inter-relacionados e interdependentes em crescimento, forma e função. Uma anormalidade em uma afeta profundamente as outras.