Tag: Parkinson Ciência Pesquisa

1 8 de maio de 2018

Os princípios da Slow Medicine

Olá, tudo bem? No post passado, comecei a falar sobre Slow Medicine. Hoje estou de volta para falar um pouquinho mais sobre esse tema, pelo qual estou apaixonada.

Vamos abordar os princípios da Slow Medicine e entender um pouco sobre esse conceito que pode ser resumido em um atendimento holístico. Quem me dera que todos os atendimentos fossem assim!

Alguns de vocês devem estar se perguntando se basta ser um atendimento longo, atencioso e questionador para ser considerado Slow Medicine. Na verdade não basta apenas isso. Logo, vou apresentar os 10 princípios básicos para que um atendimento médico seja enquadrado nesse molde.

São eles:

  1. Tempo – para ouvir, entender e refletir. Para consultar e tomar decisões.

  2. Individualização – cuidado personalizado, justo, apropriado. A individualidade em lugar da generalidade. O paciente é único e é o foco da atenção; seu ponto de vista e valores são fundamentais para o sucesso no atendimento.

  3. Aut

16 de fevereiro de 2018

Sobre o método

Olá, Certamente você que acompanha o blog e sabe que venho falando a respeito do Dr. Farias e seu método inovador para tratar distonias. Neste post, faço um fechamento desse assunto. Mas isso não quer dizer que não teremos outras novidades sobre esse profissional. Afinal, ele é muito mais do que um médico e pesquisador.

Como funciona o método do Dr. Farias

Certas condições neurológicas nos fazem esquecer como nos movemos. O que o Dr. Farias faz com sua proposta de tratamento é despertar caminhos neuronais silenciosos no cérebro, trazendo movimentos perdidos, emoções e lembranças de volta à vida. Ele percebeu que a maioria dos pacientes afetados pela distonia experimenta movimentos inesperados por razões desconhecidas. Observou que tanto a coordenação adequada como a coordenação disfuncional, coexistem simultaneamente nesses pacien

1 25 de janeiro de 2018

Sobre Dr. Joaquim Farias

Olá, Você se lembra do post passado? Nele contei sobre a minha descoberta de diagnóstico e comecei a falar sobre um médico inovador. Então, hoje vou continuar a falar sobre esse profissional que é pesquisador, músico, terapeuta e muito mais queM é o Dr. Farias.

Quem é ele?

Joaquim Farias é diretor do Neuroplastic Training Institute of Toronto e pesquisador da Universidade de Toronto, Canadá. Especialista líder em tratamento de distonia com terapia de movimento. Possui doutorado em biomecânica, além de mestrado em reabilitação neuropsicológica, psicossocial e ergonomia. As credenciais combinadas do Dr. Farias permitem que ele trate efetivamente a Distonia, além de usar suas experiências pessoais únicas como: músico, instrutor de artes marciais, Shiatsu, médico Qigong Therapist, viajante mundial e pesquisador de movimento. Ufa, é bastante coisa!